Siga o JusTocantins

Prefeitura de Palmas vai injetar mais de R$ 160 milhões na economia nos próximos 80 dias

Fernanda Mendonça - Secom Palmas - 11/10/2017

Um total de R$ 163.419.422,40 será injetado na economia da Capital nos próximos 80 dias, conforme anúncio feito na tarde desta quarta-feira, 11, pelo prefeito de Palmas, Carlos Amastha, em coletiva de imprensa realizada no Gabinete II. O evento também contou com a presença de secretários e gestores.

 

 

Os valores anunciados correspondem ao pagamento das remunerações dos servidores municipais e do 13º salário. Conforme o calendário anunciado, no dia 31 deste mês será paga a folha de outubro, com valor total de R$ 42.518.318,54. Logo após será liberada a primeira parcelada do 13º salário, no dia 21 de novembro, que totaliza R$ 16.777.025,43. Na sequência, entra o pagamento do salário de novembro, no dia 30 do mesmo mês, num total de R$ 42.608.318,54 liberados. A segunda parcela do 13º será paga no dia 20 de dezembro. E fechando a conta, no dia 29 de dezembro, será paga a folha salarial do referido mês, totalizado R$ 44.738.734,47.

 

 

O prefeito Carlos Amastha ressalta que, com a antecipação do pagamento desses benefícios, o Município contribui para que cada servidor consiga se organizar para fazer compras e quitar dívidas e o recursos retornam para a economia local. “Com o dinheiro circulando na cidade, todos são beneficiados e os reflexos são positivos”, afirma o prefeito acrescentando ainda que a economia palmense está em ascensão e todos os tipos de serviços são encontrados na cidade. “Hoje o palmense não precisa se deslocar para outras cidades para conseguir adquirir produtos e serviços. O comércio de Palmas é forte e a cada ano cresce mais”, destacou.

 

 

Data-base e progressão

 

 

Os benefícios aos servidores públicos estão sendo pagos ao longo de todo o ano, incluindo a data-base e progressão. Conforme anúncio já feito anteriormente, na folha de pagamento de setembro, no valor de R$ 39.532.410,97, foram pagos R$ 406.175,67 correspondentes à segunda parcela de retroativos de progressões e titularidades da Educação. Também foram pagos R$ 385.331,37 referentes à data-base 2017 dos 1.031 servidores que ganham salário-base que varia entre R$ 2 mil e R$ 3.500.

 

 

Paga em janeiro, a primeira parcela da data-base 2017 beneficiou mais de 3 mil funcionários públicos com rendimento de um salário mínimo. A segunda parcela da data-base foi paga em agosto R$ 309.397,96, para 2.243 servidores que recebiam até R$ 2 mil. Até dezembro de 2017 será paga a data-base a todos os servidores e os retroativos até abril de 2018.

 

 

Ainda conforme Amastha, a previsão é de que a data-base de 2018 comece a ser paga logo no mês de abril, assim que todos os valores de 2017 forem quitados.

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.

Receba as novidades do portal JusTocantins em sua caixa de entrada. Basta informar um e-mail válido no campo abaixo e cadastre-se:

Copyright © 2017 JusTocantins. Todos os direitos reservados.