Siga o JusTocantins

Necessidade de se sentir importante. Série empoderamento pessoal.

Rogério Lopes* - 01/06/2018

Digo que sim. Temos que desenvolver o sentimento de ser importante.

Numa pesquisa informal com 20 pessoas adultas, todos disseram seus desejos de se sentirem importantes no sentido pessoal, profissional e relacional.

Nada de espanto com o resultado da pesquisa.

O célebre entusiasta da vida Dale Carnegie, numa de suas obras intitulada “Como fazer amigos e Influenciar as Pessoas”, dedica um capítulo inteiro com o teor do pensamento deste artigo, leia é bem legal.

Evidente. Deixo claro que não tenho nenhuma comprovação cientifica que corrobora minha pesquisa, mas gosto de me sentir importante. Vou além, numa conversação aspectos que elevam a estima das pessoas contribuem em diversos aspectos de negociação.

Aí vai uma pergunta: Você é importante? Se sim, parabéns. Se não, tenho certeza que é importante. Sem dúvida é um bom pai, mãe, esposo, esposa, trabalhador, empresário, em “n” aspectos tenho está convicção.

Entrelinhas, só não podemos deixar que o sentimento de importância converta em vaidade, egoísmo, narcisismo ou intolerância, palavras de crivo pessoal.

Pense, uma pessoa que se sente importante tende a ser melhor na sua vida pessoal e relacional, faça sua pesquisa ou quem sabe autocrítica.

Peço sempre a meus clientes que tracem uma linha imaginária do tempo e vejam como suas vidas estão melhorando como pessoas, profissionais e cidadãos. Um ótimo exercício motivacional.

No pequeno exercício que relatei no parágrafo anterior, trazemos à “tona” valiosas reflexões, que dão direções para os trabalhos que estamos desenvolvendo, quer seja nas áreas de gestão financeira da família ou no próprio relacionamento familiar, profissional ou empresarial dos envolvidos.

No meu caso, nunca imaginei em escrever artigos para terceiros, confesso que me atrai muito tal façanha.

Sugiro que seja necessário despertar nossa importância no campo pessoal, sentimental, serviços prestados com ou sem fins lucrativos, competência, habilidades, aptidões, conhecimentos, inteligência, etc, estes são aspectos fundamentais de nossa existência. Pense nisso, faça uma avaliação.

Advertência. Acredite que é valorizado e importante, descreva como está sua carreira, negócios, família e relações humanas. Tenho certeza que muitos pontos estão bem, melhorando e outros devem ser melhorados, repensados ou excluídos de sua vida.

Finalizando, comento uma parábola inventada: Numa assembleia do reino animal, o famoso leão, o mais temidos dos animais resolveu propor um voto de cidadão da floresta à pequenina abelhinha, pela sua nobre feitura continua de deliciosos favos de mel e, por sua pequena e dolorosa ferroada, que afasta diversos malfeitores daquele ambiente rico em fauna e flora. Será que a abelhinha se sentiu importante. Parabéns, viva, gooool!!!

Lembrando, somos importantes.

            Deus abençoe.

Rogério Lopes, é crente em JESUS CRISTO, Facilitador em Finanças da Família, Administrador de Empresas, Especialista no Agronegócios,  Corretor de Imóveis,  Perito Avaliador Imobiliário e Colunista do site JUSTOCANTINS.  siteimoveis@hotmail.com

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.

Receba as novidades do portal JusTocantins em sua caixa de entrada. Basta informar um e-mail válido no campo abaixo e cadastre-se:

Copyright © 2018 JusTocantins. Todos os direitos reservados.