Siga o JusTocantins

PF desarticula grupo criminoso de tráfico interestadual de cocaína

Comunicação Social da Polícia Federal em Mato Grosso - 19/07/2017

Cuiabá/MT – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (19/7) a Operação Transbordo, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa voltada à prática do tráfico interestadual de cocaína.

Na ação de hoje, estão sendo cumpridos cinco mandados de prisão preventiva e cinco mandados de busca e apreensão, além da realização de diversas oitivas de investigados que já foram presos no curso da investigação.

Os cumprimentos dos mandados ocorrem em Cuiabá (MT), Várzea Grande (MT), Tangará da Serra (MT), Rondonópolis (MT), São Carlos (SP), Pedreira (SP) e São José do Rio Preto (SP).

De acordo com as informações, a droga era obtida na região de Cáceres e tinha como principal destino o estado de São Paulo. Durante as investigações, foram lavrados três autos de prisão em flagrante que resultaram na prisão de nove pessoas. No total, foram apreendidos 937 kg de pasta base de cocaína, uma aeronave e diversos veículos utilizados no transporte da substância ilícita ou adquiridos com valores provenientes do tráfico.

A 3ª Vara Criminal de Várzea Grande determinou o bloqueio de contas bancárias utilizadas pelos investigados, além do sequestro de bens.

O nome da operação se refere ao modus operandi utilizado pela organização criminosa de baldear a carga ilícita até o destino final.

Descrição dos mandados:

Cuiabá/MT - 1 MPP
Várzea Grande/MT - 2 MPP, 2 MBA
Tangará da Serra/MT -1 oitiva de investigado já responsabilizado durante a investigação
Rondonópolis/MT - 2 MPP, 1 MBA, 3 oitivas de investigado já
responsabilizados durante a investigação
São José do Rio Preto/SP - 1 oitiva de investigado já responsabilizado durante a investigação
Pedreira/SP - 1 MBA
São Carlos/SP - 1 MBA.

Legenda:
MPP: mandado de prisão preventiva
MBA: mandado de busca e apreensão

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.

Receba as novidades do portal JusTocantins em sua caixa de entrada. Basta informar um e-mail válido no campo abaixo e cadastre-se:

Copyright © 2017 JusTocantins. Todos os direitos reservados.