Custodiados da Cadeia de Tocantinópolis são aprovados em vestibular da UFT

Tentar é o primeiro passo para conseguir. E foi com esse pensamento que quatro custodiados da Cadeia Pública de Tocantinópolis finalizaram o ensino médio dentro da unidade prisional e agora foram aprovados para cursar graduação na Universidade Federal do Tocantins (UFT), na modalidade Ensino à Distância (EaD). As inscrições no processo seletivo da UFT ocorreu de forma online, com base em análise curricular, e foram realizadas pela administração da Cadeia, agora os novos acadêmicos poderão continuar estudando, trilhando um caminho de mais conquistas por meio da educação.

“Mais uma vez os custodiados da nossa unidade estão fazendo história, mostrando que a educação é um caminho possível e dando orgulho aos familiares. A pessoa em privação de liberdade quer oportunidade de estudo, de trabalho, remição de pena, enfim, quer pagar pelo crime que cometeu. E o Estado tem oferecido essa oportunidade, justamente porque precisamos tratar a unidade prisional como um lugar transformador de pessoas”, explicou o diretor da Cadeia de Tocantinópolis, Vinicius Lima.

Dos quatro homens aprovados, dois foram para o curso de Música, um para Física e um para Química, a idade é 45, 30, 26 e 24 anos. Um deles recebeu da justiça alvará de soltura há uma semana, os outros três que continuam cumprindo pena na unidade e terão à disposição para os estudos uma sala com computadores e demais equipamentos, doados pela Prefeitura de Tocantinópolis.

Os novos universitários, além de formaram no Ensino Médio dentro da Unidade Prisional, também participam do “Clube dos Livres”, um projeto de leitura coordenado pela professora da UFT, Aline Campos.

Inspirações

Na Cadeia de Tocantinópolis, outros dois custodiados iniciaram o curso de Matemática na UFT também na modalidade EaD, um deles já se tornou egresso do Sistema e continua os estudos fora da unidade, e o segundo continua estudando com todo apoio, desde o segundo semestre de 2018.

Processo seletivo

O processo seletivo teve como base a análise curricular, sem a necessidade de prova presencial. O início das aulas online está previsto para o dia 31 de agosto.

(Edição: Shara Rezende/ Governo do Tocantins)

Lauane dos Santos – Governo do Tocantins - 07/08/2020

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.