Siga o JusTocantins

Star Wars

Prof. Dr. Túlio Jorge R. de M. Chegury - Advogado, colunista do JusTocantins - (63) 8404 74 84 Operadora Vivo - 12/02/2017

O inicio de 2017, ao contrário dos anos anteriores, esta sendo muito agitado, em todos os sentidos, em todas as esferas, destoando da máxima, que somente após o carnaval é que o Brasil começa a funcionar.

 

Este fenômeno inusitado e raro, talvez seja explicado pela correia que esta existindo do outro lado da "força", utilizando-me do termo empregado no filme Star Wars - Guerra nas Estrelas. A "força" que me refiro é o lado obscuro, negro e maligno, contrário ás forças do bem, da luz, e da justiça.

 

O acaso, ou até mesmo o destino esta a brincar com todos nós, isto, inclusive no mundo afora, como no caso da eleição do novo presidente dos Estados Unidos - Donald Trump, o topetudo, que acha que todos devem se curvar a ele, coisa que nem mesmo o exterminador do futuro - Arnold Schwarzenegger - o ator, fez.

 

Mas aqui, em nossas terras de Cabral, infelizmente o que antes soava apenas como uma hipótese levantada por ocasião do golpe da presidente Dilma, tornou-se realidade, qual seja, o orquestramento por parte dos partidos governistas em tentar de todas as formas silenciar a operação lava - jato, bem como, enterrar por terra o movimento de alguns nobres operadores do Direito e da Justiça em consolidar o combate à corrupção, ao caixa dois de campanha e demais práticas coronelistas que sempre acompanharam o País.

 

A nomeação de investigados e até mesmo de pseudos autoridades para cargos de grande envergadura, soam de uma forma descarada e sobretudo criminosa, pois tentam de todas as formas zoar com a população brasileira. Ora, nomear pessoas investigadas em crimes, para realizarem a sabatina da indicação do novo Ministro do Supremo Tribunal Federal - STF, ainda mais, uma nomeação duvidosa, de um apadrinhado político, é na grande verdade a falta de óleo de peroba destes pseudos líderes.

 

Alguns podem levantar a bandeira de que são apenas investigados, e que, sob o manto sagrado da presunção da inocência, podem e devem levar adiante suas vidas. Sim, realmente, concordo com o princípio da dúvida e da presunção de inocência. Mas, se estes homens que se dizem íntegros e honestos, deveriam recusar ou até mesmo solicitarem seus afastamentos, para que as autoridades, com total liberdade e isenção, possam aprofundar as investigações, e, se for o caso, reconhecerem a inocência destas pessoas, mas, isto não ocorre, ao contrário, se abraçam em seus cargos, em seus privilégios e garantias, até mesmo de foro especial, para se protegerem e com isto deturparem e atrapalharem as investigações.

 

Mas isto, não ocorre somente na Capital Federal, se espalha Brasil adentro, em todos os locais, em todos os poderes, em todos tribunais e assim por adiante.

 

Teríamos, se fossemos um povo instruído, combativo e com espírito libertário, a coragem de lutarmos contra estas "forças" negras e perversas, indo para as ruas, e lutando pelo futuro desta nação. Mas isto não ocorrerá.

 

Teremos que ficar adstritos às telas de cinema, sonhando com nossos filmes prediletos, acreditando que algum dia, Luke Skywalker, Mestre Yoda, Hans Solo, Chewbacca, Princesa Leia e Obi-Wan Kenobi, possam romperem a película da tela, e virem lutar ao nosso lado, contra o lado negro da "Força", os políticos, os pseudos líderes, e demais criminosos que destroem nosso Brasil.

 

                                                           Que a "FORÇA" esteja sempre ao seu lado.

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.

Receba as novidades do portal JusTocantins em sua caixa de entrada. Basta informar um e-mail válido no campo abaixo e cadastre-se:

Copyright © 2017 JusTocantins. Todos os direitos reservados.