Gurupi sedia a 8ª edição do projeto Academia Itinerante da Polícia Civil

A 8ª edição do projeto Academia Itinerante que ocorre na cidade de Gurupi teve início nessa terça-feira, 30. A iniciativa é uma formação continuada dos profissionais da Polícia Civil do Tocantins, promovido pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSPTO), por meio da Escola Superior de Polícia (Espol/TO). O encerramento está previsto para esta quinta-feira, 2.

Nesta edição, são 112 profissionais da Polícia Civil, dentre agentes, delegados, escrivães, agentes de necrotomia, papiloscopistas e peritos oficiais; além de cinco policiais militares e dois bombeiros, totalizando 119 servidores da área da segurança pública que integram a formação continuada. 

Segundo a diretora da Espol, delegada Heloisa Godinho, a formação continuada é ofertada de forma presencial e à distância, com disciplinas que abrangem todas as áreas de atuação dos profissionais.

Curso de instrução de tiro

A grade curricular conta com aulas teóricas e práticas, com conteúdos relacionados à atividade policial, totalizando 80 horas. Em destaque, o projeto oferece aos alunos o curso de instrução de tiro prático e técnicas táticas.

Em 2021, o projeto Academia Itinerante já passou por Colinas, Paraíso, Guaraí, Porto Nacional, Dianópolis, Araguatins e Araguaína. Ao final de todas as etapas, serão 700 policiais civis, 100 policiais militares e 50 bombeiros, totalizando 850 formandos.

Programação 2021

Após a etapa de Gurupi, o projeto Academia Itinerante encerra as atividades no dia 9 de dezembro, com a 9ª edição na regional de Palmas.

SECOM - Governo do Tocantins - 02/12/2021

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.